Número total de visualizações de página

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Procurando o norte



Fico olhando
O horizonte
Esperando tua brisa
Guiar meu corpo
Estou de fronte
Ao teu doce poder
Deixo tua força
Meu corpo percorrer
Trago um desejo
Mansamente marcado
Traçar a linha
Do norte ao sul
Num suave e belo ocaso
Venha lá senhor vento
Por favor....
Não se faça rogado
Ajude-me a descobrir
O centro...
Neste balançar
De lado para lado
Antes que fique tonto
E não me sinta
Mais enamorado...
2008.11.12
00H00

Sem comentários: