Número total de visualizações de página

domingo, 31 de janeiro de 2016

Pelas minhas areias...



Pelas minhas areias...
Onde corri desenfreado
Esquecendo o mundo
Me esquecendo de mim
Porque tudo o que sou
Sem ti ...areia minha
Não serei nada

terça-feira, 3 de março de 2015

QUISERA...EU





Quisera eu um dia...

Sair por aí voando, nas asas de uma gaivota

Que não eu,

Contar segredos de encantar...

A quem possa e queira sonhar...

Que para ser feliz e caminhar, não precisa de botas...

Simplesmente acreditar...

sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

SAUDADES TUAS





                                                                                                                                      
( foto utilizada encontrada (autor desconhecido)  na net )



Porque tardas…
Corrente que me liga à vida
Maré que me amanhece
Vem…
Mar da minha revolta!
Vem….
Toma meu corpo!
 Abraça-me forte
Sente esta minha dor
Que me queima por dentro
Afoga-me no teu leito
E me deixa serenar
O grito que se cala
E não me deixa descansar.

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

DE MIM NÃO FUJO


( foto de Maria Pinto )



De mim não fujo
Pois minha Alma
Não quero perder

Afogo-me nela
Sucumbindo ao dilúvio
Por mais que corra
Por mais que tente
Nela me aconchego
Qual secreto refúgio

De mim não fujo
Pois minha Alma
Não quero perder
É que sem ela
Não vou conseguir sobreviver

sábado, 14 de dezembro de 2013

QUASE...

http://www.flickr.com/photos/joaobatista/4778054584/sizes/l/in/photostream/

( Fotografia de João Batista  )





Quase…
Sinto o teu cheiro,
Rodopio o olhar
 Mas não te encontro
Quase…
Sinto o teu abraço
Que me tira o folego
E me deixa inebriado
Na imensidão do meu quarto
Onde me desgasto e desencontro
Quase…
Te conquisto e possuo
Nesta cama que já foi tua
Mas agora sinto-a vazia
E me vejo nela sozinho
E da tua presença nua.
Quase…
Foste minha…
Mas dei-te asas
Iluminaste a noite
E  foste rainha
Quase…
Foste minha
Mas é minh’ Alma
Que ficou tua.