Número total de visualizações de página

quarta-feira, 14 de novembro de 2007

Feiticeira Agreste

Tens como ilha teu nome
Vies-te de longe
De tempos que já lá vão
És lenda do passado
Foste razão
Luta entre povos
És a fonte do desejo
Que com teu simples beijo
Envenenas quem por ti passa
Teu corpo montanha
Paixão de alpinista
Teus seios colinas
Que sendo primavera
Saltam á vista
És viagem longa...
...Turbulenta...
Nesses teus olhos sombrios
És porto de abrigo
Enredo que encanta
Etapa ganha
Etapa perdida
És cristal...
És VIDA!!!
09.11.03

1 comentário:

Migalhento disse...

Veio de Troia e foi desejada...
Gostei, como sempre!!!
Vê se não páras...
Feiticeira encantada
Rosto de gente