Número total de visualizações de página

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Mostro-me a medo...

( Foto de DAGO )


Sozinho no meu recanto
Sinto-me no topo do mundo
Bem alto, junto ao céu
Mostro-me a medo…
Nas caminhadas junto á terra…
E quantas vezes me sinto perdido,
Quando descubro
Que o que escondi e escondo
Tão precioso e secreto
Só algumas vezes se nota
Quando permito
Que se levante o véu


Nem sempre o mundo merece
A força e a energia
Que de mim brota
Mostro-me a medo
No auge da euforia
Sempre que da alma
Ela naturalmente nasce
E por consequência se mostra


Mostro -me a medo
Porque me escondo de mim e do mundo
Mostro-me assim…
Porque sinto medo…
De quem não sabe guardar um segredo
E me pode ferir bem lá no fundo.

30-08-2011

Sem comentários: