Número total de visualizações de página

quinta-feira, 25 de março de 2010

Teimosamente, eu...

Teimosamente
Seguro-me a ti!!!
Nada daqui me arranca

Venha a chuva ...
Venha o vento
A tempestade
O contratempo

EU..
Sou mais forte que o tempo!!
E aqui me encontro
Agarrado ao teu tronco
Debaixo dessa tua copa
Que ainda não me faz sombra

E resisto!!!
Deixo que me beije o sol
Que me seque as águas
Deste lago lamacento
Que me limpe o suor
Eu resistirei à dor!!

Sairei daqui...
Se a copa fizer sombra...
Mas....
Só nas mãos do meu dono
Do meu senhor

25.3.2010

1 comentário:

Ana Paula disse...

É bom quando há alguém que nos segure! O poema está maravilhoso e a imagem registada já neste mês de Março,fantástica!!!!!!! (Terá sido na Pateira?:-))
Beijinhos