Número total de visualizações de página

sábado, 22 de novembro de 2008

REFLEXO MEU


( foto cedida gentilmente pelo meu amigo Francisco M. D. Mendes)

( meu outro EU)

Olho-me no espelho
Afago o cabelo
Outrora imponente
Estendo meu braço
Faço a colagem
Palma na mão
É o reflexo
Feito retrato
Reflexo da minha imagem
OLhares...
Gestos...
Contornos...
Encerro o casulo
Mantenho o fio
Condutor de energia
Pareço Miragem
Quem és TU?
Quem sou EU?
Eu..talvez me conheça
TU...reflexo meu
Estou num impasse
Sinto-me inteiro
Da cabeça aos pés
Mas TU...Reflexo de mim...
No cruzar dos caminhos
Descubro sentidos
Uns quentes
Outros frios
Algures por aí perdidos
Receio...enfim
Talvez não saiba quem ÉS!!
Reflexo meu
No espelho com rosto
Sentido em flor
Benjamim
Sou reflexo
Reflexo de mim
NO espelho da vida
Até que um dia
Descubra o porquê, desse fim!!
Onde eu começo...
Onde tu acabas...
Somos dois em UM
Meu outro EU
Numa história
Inacabada
Sem fim...

1 comentário:

Poeta do Penedo disse...

o reflexo no espelho inspirou José Saramago a escrever o livro:«O Homem Duplicado».
O teu reflexo é só teu.
A tua sombra é tua e de todos quantos a pisam. No entanto, não é ela menos importante do que ele, porque ambos guardam os teus segredos, e todas as palavras que já escreveste, mais aquelas que ainda tens para escrever.
Escreve gaivota.
Que a brisa que te beija as asas seja também a tua pena, e imensa será a tua poesia.