Número total de visualizações de página

domingo, 16 de novembro de 2008

Amor Perfeito




( Foto gentilmente cedida pelo amigo Carlos Oliveira)


Sentimento pleno
Recebido com jeito
É sonho
Ilusão
Calor ardente
Que se sente
É laço mimoso
Presente
Varinha de condor
É deleite
Do carinho
Da ternura
Do amor
É chama que arde
Na porta aberta
De coração apaixonado
Sem fazer alarde
Que ilumina o dia
Mas não apaga a noite
É sentimento forte
Nos olhos do ser
Eleito...
Do consorte
Gera alarido
Na pele...
No corpo...
Na mente...
É deveras vivido
Ás vezes sofrido
Intensamente...
É AMOR...
E se for perfeito
Valerá a pena
Ser sentido
A preceito.

2008.11.16

1 comentário:

Poeta do Penedo disse...

sorte a da ria, em ter em ti uma poetisa que a canta com tão belo sentimento. Sentimento na ponta da pena, sentimento no olhar sensível, arguto.
Não fosses tu gaivota,
a ria o teu ermo.

Por muito menos já vi grandes parangonas.

Deixa que a intelectualidade da ria te conheça, porque tens talento para isso.
Deixa que o mundo te reconheça,
Gaivota livre,
voando ao sabor da brisa da ria.

Um abraço