Número total de visualizações de página

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Solitário



  ( Foto gentilmente cedida pelo amigo Paulo Limões )
Aqui estou
No meio de tudo
Cheio na alma
Somente à espera
De mais uma alvorada
À espera que surja
Quem do mundo fuja
Quem em mim se encontre
À espera de quem se sente
Me relate historias
Daqui...dalém...da pateira...do monte
Ou que no seu silêncio
Tudo me conte

Aqui estou
Solidário
Ajudando a arrumar o "armário"
Para que se ganhe coragem
De alcançar a outra margem

Aqui estou
Sozinho
Ouvindo o piar do milhafre
Vendo o salto da carpa
No seu desenlace
O sussurrar da "boa noite"
A compasso da garça
Deixando..
Que as águas da pateira
Se aninhem em mim
E me beijem de mansinho
À sua maneira


23h13

Sem comentários: